call ou put

 

Introdução às Operações com Opções Binárias

Desde 2008, os profissionais e atores do mercado financeiro em todo o mundo estão falando das opções binárias como uma forma revolucionária de se operar ativos e derivativos. Suas excepcionais qualidades vieram para isto, e estão rompen­do barreiras para os investidores de todo o porte, dentro da arena financeira.

Esta introdução vai focar em demonstrar o básico das opções binárias e serve como introdução para o restante do livro, que vai fornecer uma grande quantidade de informação, estratégias e dicas para todos os investidores, sejam iniciantes, neófitos no mercado financeiro ou não.

Esta modalidade de instrumento financeiro, as opções binárias têm vindo a ganhar popularidade a partir do momento em que foram listadas na Chicago Board of Options Exchange (CBOE), em Julho de 2008. Até então, as opções binárias digitais eram negociadas ativamente no mercado over-the-counter, por investidores institucionais e grandes bancos de investimento. Portanto, foi de 2008 para cá, que as Opções Binárias, também chamadas de Opções digitais, passaram a alcançar os clientes do varejo do mercado financeiro.

Hoje, uma pessoa com pouco mais de 200 dólares, pode se registrar em uma corretora, e iniciar seu aprendizado ou suas operações de investimento, se já tiver alguma experiência com o mercado financeiro.

Feita esta explanação inicial histórica, iremos passar a fazer, primeiramente, uma breve digressão do que exatamente são as Opções Binárias.

O QUE SÃO OPÇÕES BINÁRIAS?

Ao nosso ver, os responsáveis por nominar tais opções, brincaram um pouco com sua denominação, quando começaram as chamar de Opções Binárias ou Opções Digitais.

O porquê de serem chamadas de Opções Binárias fica fácil de entender, mesmo para quem não tenha a menor noção de conceitos de informática; na informática, utiliza-se um sistema de comunicação de dados chamado de sistema binário, pois neste sistema utiliza-se somente o 0(zero) e o 1(um); analogamente o termo pode se aplicar a estas Opções, quais sejam as Binárias, uma vez que quando se pretende iniciar uma operação com elas, temos duas possibilidades de escolha do tipo de Opção; a CALL e a PUT.

Apesar de quê, quando tratamos de operações com Opções de Vanilla, encontramos também estes dois tipos de Opções. CALL (opção de compra) e PUT (opção de venda). No caso das Opções de Vanilla, temos variadas estratégias para se montar uma operação financeira, mas esta não é o escopo deste trabalho, portanto não trataremos delas aqui.

Somente para esclarecer, opções de vanilla, são as opções derivativas, das ações de companhias listadas em bolsa de valores, que são negociadas neste mercado; não têm relação alguma com as opções binárias.

Então, chamamos de Opções Binárias, simplesmente, por que quando vamos iniciar uma operação, basicamente temos duas direções somente para seguir comprando as opções: se acreditamos que o ativo irá subir acima do ponto onde iniciamos a operação, compramos uma opção CALL, com vencimento para determinada hora/minuto. Se acreditamos que o ativo vá descer abaixo do ponto onde iremos iniciar nossa operação, compramos uma opção PUT.

Felizmente o fato de sabermos ou não o porquê de serem chamadas de Opções Digitais, não vai fazer diferença na continuidade deste trabalho e tampouco fará diferença nas operações de quem se propuser a trabalhar com elas. Mas, somente no que se refere à denominação; mais a frente iremos aprender que um dígito a mais ou a menos na cadeia de números demonstrativos dos preços dos ativos expostos em qualquer plataforma gráfica que receba estes dados, fará toda a diferença no resultado final da operação. Talvez seja por isto que este tipo de Opção também venha a ser chamado de Opção Digital. Neste caso, o dígito faz uma enorme diferença. 

 

24OptionBem…não é grande novidade dizer que ultimamente temos visto mais e mais pessoas e “instituições” oferecendo sinais de negociação.

Prometem sinais que irão te fazer milionário da noite para a manhã seguinte, sinais que são uma cartada certa, que o usuário pode dar a ordem de compra ou venda, call ou put, de olhos fechados, que não terá errada.

Uns oferecem “gratuitamente”, bastando que o usuário faça parte de um determinado grupo no facebook, ou em outra mídia social qualquer.

Outros vendem por preços que vão desde algumas dezenas de dólares até milhares de dólares.

O que ocorre é que na realidade existe uma grande confusão no mercado, entre dicas de analistas e charlatões de toda espécie e sinais sistêmicos de programas algorítmicos, que funcionam das mais variadas formas, dependendo de como se faça seu uso.

Por exemplo; uma determinada corretora pode te oferecer gratuitamente um sistema de sinais (não é bem gratuitamente, porque geralmente impõem condições onerosas que ultrapassam a casa dos 1000 dólares de depósito), e que pode funcionar muito bem a teu favor, até um determinado ponto; mas, esporadicamente te impõem perdas que fazem com que não valham a pena (adiantamos que isto não é regra geral; normalmente os sinais de corretoras são isentos de manipulação).

O que acontece, é que estes emissores de sinais (sistemas algorítmicos), também erram, e podem levar ao fracasso de uma operação se outras variáveis favoráveis não estiverem presentes. Uma tendência forte por exemplo.

Aliados aos sinais e indicadores, existem os Robots Traders, que nada mais são do que programas com algorítimos desenvolvidos por especialistas das mais variadas idoneidades.

 

Podemos acreditar em qualquer Robot que venhamos a encontrar?

É claro que não.

Podemos acreditar em qualquer emissor de sinais que venhamos a encontrar?

É claro que não.

 

Então como fazermos, se quisermos nos aproveitar de um sistema confiável que faça as operações automaticamente para nós?

Veremos adiante…

 

 

 

Gostamos de pensar que nos dois primeiros artigos, falamos o suficiente para apresentar as Opções Binárias e as particularidades de cada sistema de plataforma de operações.

No entanto, a despeito da grande importância do tema tratado, isto é apenas a ponta do iceberg, que é a quantidade de assuntos que compõem o cabedal de conhecimento sobre o mercado financeiro.

O conhecimento das matérias atinentes ao mercado financeiro, que servirá ao trader, quando estiver operando com Forex, Opções Binárias, bolsa de valores, etc. É deste conhecimento que falamos.

Dada a amplitude de toda esta matéria, é evidente que não iremos esgotá-la aqui neste artigo. Tentaremos nestas próximas linhas tratar especificamente sobre a utilização dos conceitos e princípios da análise técnica, por alguns chamada de análise gráfica, para as operações com as Opções Binárias.

Iremos minimamente ao menos, mostrar as situações do dia a dia, quando fazemos nossa análise nas plataformas gráficas; quando operamos propriamente dito com as plataformas e quando existe a necessidade de se sincronizar o início de uma operação de Call ou Put, com a oportunidade da mesma apresentada na plataforma gráfica (Metatrader, Netdania, etc.).

Seguindo Tendências

Nunca é demais acentuarmos a necessidade de se estar sempre observando qual é a tendência predominante num determinado ativo, e, num determinado período, para sabermos se iremos no momento apropriado “startar” uma operação de Call ou Put.

Isto é básico.

E não foi a toa, que surgiu a célebre frase  “A tendência é sua amiga”, quiçá numa época em que muitos que estão lendo este artigo, nem mesmo tinham nascido.

Quando nós nos propomos a efetuar uma operação em uma plataforma qualquer de Opções Binárias, é importante que se ressalte, que o mais importante nesta modalidade de operação financeira, não é a cotação estabelecida na plataforma, e sim a tendência que este ativo tomará naquele período escolhido entre o início da operação e a expiração da opção.

Na grande maioria das vezes, a cotação explicitada na plataforma é bem diferente da cotação real do ativo no mercado. Pasmem! Mas isto não é importante!

Por exemplo: nós encontramos na plataforma “A” o Ouro com um valor de cotação estipulado em 1.234, e no mercado real deste ativo, a cotação está em 1.690; isto para nós não irá fazer diferença.

Por quê?

Continue lendo acimaseta verde pequena

Porque nós negociamos tendência! O que importa é a tendência! Nunca se esqueçam disto.

Você estará olhando o Metatrader, e eles estará te dando a cotação real do mercado na maioria das vezes, o que será diferente da cotação da plataforma! O que importa é que a tendência esteja sendo obedecida. Nós iremos entrar numa operação de Put, porque o Metatrader está nos mostrando que aquele ativo, dentro daquele determinado período de tempo escolhido na plataforma de operações, está com tendência descendente!

Eu não gosto de utilizar este termo, mas nós iremos “apostar”, por exemplo, que aquele ativo estará abaixo do valor que estava quando iniciamos a operação, no momento que sua opção expirar.

E como nós “apostamos”? Com que fundamentos fazemos nossa “aposta?” Com os fundamentos da análise técnica feita sobre o Metatrader por exemplo.

Vejam a figura abaixo:

seta azul

Clique na imagem para ampliar

Como ganhar dinheiro com opções binárias?

 

Nós temos uma plataforma gráfica, nos mostrando o par de divisas EUR/USD numa clara tendência baixista, na janela temporal de 1 minuto.

O que fazer diante desta informação?

Supondo-se que nós estamos acompanhando esta tendência desde o início, iremos abrir nossa plataforma de operações numa ferramenta que nos possibilite operações de curto prazo (TURBO OPTIONBIT, 60 Segundos OPTIONFAIR, TRADERUSH ou Curto Prazo Empireoption,  por exemplo), e no dado momento em que os preços do ativo nos mostram que surgiu uma oportunidade, “startamos” a operação de Put.

OPTIONFAIR PLATFORM

Isto é seguir tendência.

Sempre devemos operar de acordo com a tendência.

 

COMO OPERAR COM OPÇÕES BINÁRIAS, parte 4. 

Faça Parte de Nossa LISTA VIP! E BAIXE GRÁTIS O INFOGRÁFICO e UM ÓTIMO EBOOK!
Binary.com
Pepperstone Group Limited
ANÁLISE DO RISCO! ATENÇÃO!
Nota importante: TEU CAPITAL TODO PODE ESTAR EM RISCO! A negociação de opções binárias, embora possa ser muito rentável, também pode envolver um risco significativo, provocando perdas também significativas. O site escolatrader.net não indica operações, e tampouco orienta aos frequentadores do mesmo a utilizarem-se de qualquer estratégia em particular. Todas as informações aqui contidas são meramente educativas, e podem não resultar positivas. Qualquer investimento ou operação no mercado de renda variável, pode resultar na perda total do capital do investidor/operador.
Pepperstone Group Limited
ADVERTÊNCIA! RISCOS!
ESCOLATRADER.NET - A empresa, funcionários, subsidiárias e associados não são responsáveis nem deverão ser responsabilizados, em conjunto ou individualmente, por quaisquer perdas ou danos decorrentes da informação fornecida neste website. Os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real nem necessariamente precisos. Todos os valores aqui são fornecidos pelos criadores de mercados e não pelas bolsas de valores. Sendo assim, os valores podem não ser precisos e podem diferir do preço de mercado atual no Metatrader por exemplo. A ESCOLATRADER.NET não se responsabiliza por quaisquer perdas em negociações em que você possa incorrer em consequência da utilização de quaisquer dados dentro do site ESCOLATRADER.NET e seus sites parceiros.